Willemstad Curaçao: O que fazer e onde ficar na capital

Descubra as 9 atrações indispensáveis em Willemstad e onde ficar na capital da maravilhosa ilha de Curaçao.

 

Willemstad Curaçao – A ilha de Curaçao é uma das mais completas do Caribe. Além de praias maravilhosas, é pertinho do Brasil, tem excelentes restaurantes, Patrimônios Mundiais da UNESCO, lojas de grifes internacionais, arquitetura e história, mergulhos incríveis e muitas atrações para famílias, casais e amigos. 

A herança de ter feito parte do reino dos países baixos ainda permanece em muitos traços da ilha, principalmente na capital da cidade, Willemstad. A cidade contém mais de 765 construções preservadas e é considerada Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO.

Willemstad é dividida em duas partes, Punda e Otrobanda, pela Baía de Santa Anna. É possível acessar os dois lados pela ponte Queen Juliana, que é exclusiva para carros, e pela Ponte Flutuante Queen Emma, reservada apenas para pedestres.

Para te ajudar a criar um roteiro para curtir ao máximo Willemstad Curaçao, selecionamos as principais dicas da capital.

Willemstad Curaçao: O que fazer e onde ficar na capital

Willemstad Curaçao: O que fazer e onde ficar na capital

 

Willemstad Curaçao – O que fazer

A capital do país abriga alguns dos principais pontos turísticos e infraestrutura da cidade. Vale a pena se hospedar pela região para ficar pertinho dos melhores restaurantes, pontos de encontro para passeios e lojinhas para curtir a noite. Confira o que fazer em Willemstad Curaçao (e as dicas extras do nosso Instagram):

 

1) Ponte Queen Emma

A ponte flutuante  construída em 1888 é muito famosa e cartão postal da capital de Curaçao. A ponte é reservada apenas para pedestres. Ela é sustentada por barquinhos e aberta quando há a necessidade da passagem de embarcações.

O legal é conhecer a ponte duas vezes: Durante o dia e a noite. De dia, é possível curtir a vista das duas regiões de Willemstad. À noite, ela fica super charmosa e toda iluminada.

View this post on Instagram

🛍Vocês já ouviram falar da loja Penha? É uma loja que vende perfumes com ótimos preços aqui em #curaçao. Ela fica localizada em #punda, quase em frente à ponte Emma, super fácil de encontrar, vale a pena conferir os preços, na maioria das vezes compensa muito e o melhor… São produtos de qualidade. Se você estiver passeando por Punda e Otrobanda e assim como eu ama perfumes, essa é uma loja que você tem que visitar. 📝 Anota essa dica e inclui no seu roteiro. 😉 . . . . . #dicasdeviagem #dicasdecuraçao #visitecuracao #lojas #perfumesimportados #compras #dicasdecuracaoporvalmuller #viajemais #viajante #lugaresincriveis #topdestinos #melhoresdestinos #euvounajanela

A post shared by Dicas de Curaçao (@dicasdecuracao) on

 

2) Scharloo e Pietermaai

Os bairros históricos de Curaçao possuem lindas mansões restauradas, lojas e estúdios de arte. O passeioem Scharloo é bem rapidinho, mas vale a pena para conhecer de perto as mansões e entender um pouquinho mais sobre os bairros da ilha.

Já a Rua Pietermaai não contém mansões, mas é um dos locais  mais charmosos de Willemstad. As lojas, estúdios de arte, bares e restaurantes foram se tomando conta do antigo cenário residencial e deram forma à ruas cheias de vida durante o dia e noite.

 

View this post on Instagram

O colorido de Curaçao está em todos os lados e não apenas na natureza, mas também nas casas e prédios comerciais. . . Curiosidades: Reza a lenda que, antigamente, quando todas as casas eram brancas, um antigo governante acordava todos os dias com dor de cabeça e o incômodo se tornava mais intenso pelo reflexo das paredes brancas devido ao sol intenso. Então, ele teria ordenado que tudo fosse pintado de diversas cores para tentar amenizar seu problema. . Uma outra versão dizia que o governante tinha uma casa de tintas, por isso criou o projeto. 🤔🤷‍♀🤣. . Se as histórias são reais ninguém sabe ao certo, mas uma coisa é fato: o colorido faz de #curaçao um cenário de contos de fadas não é mesmo? 😍 . . Foto linda da @mariareginaveloso . . #curacao #dicasdeviagem #paixaoporviajar #viagens #dicasdecuracaoporvalmuller #melhoresdestinos #topdestinos #viagensincriveis #roteirodeviagem #passagens #destinos #caribe #paraiso #naturezaperfeita #viajante #praia #férias #coreseamores #dushi #bonbini

A post shared by Dicas de Curaçao (@dicasdecuracao) on

 

3) Mercado Flutuante

O Mercado Flutuante de Curaçao chama a atenção para conhecer de forma mais intimista a cultura da ilha e dos moradores.  Ele funciona como uma espécie de feira brasileira. Barcos carregados de frutas e vários produtos chegam de outros países e vendem as cargas diretamente do barco ou em barracas acopladas a eles.

 

 

4) Mercado Central

Este mercado é outro passeio que vale super a pena para fazer parte da cultura regional de Willemstad. É chamado também de Mercado Popular e são vendidos diversos produtos como artesanato, roupas e curiosidades.

 

 

5) Sinagoga Mikvé Israel – Emanuel

Esta Sinagoga é repleta de histórias e muito legal de visitar! É a sinagoga mais antiga sobrevivente das Américas. Um fato curioso é que o chão da Sinagoga foi coberto de areia pelos judeus da época para abafar o ruído das práticas religiosas a fim de evitar a conversão do catolicismo e manter suas práticas judias secretas.  A areia presente na sinagoga é importada do Suriname e Guiana, porque a areia de Curaçao contém sal e pode danificar o mobiliário.

 

5) Letreiro de Curaçao

Não tem como visitar a ilha e deixar de conhecer o letreiro com nome do país que fica em Willemstad, na Praça Koningin Wilhelmina. Vale a pena passar por lá para tirar algumas fotos.

 

6) Rif Fort

Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO, o Rif Fort é o antigo forte da ilha que protegia a entrada de Willemstad. É sempre uma delicinha passear por ele. Hoje o lugar funciona como um shopping ao ar livre com restaurantes e bares. Mas vale lembrar que os restaurantes em Curaçao fecham cedo, um horário bom para ir no Rif Fort é até às 20 horas. 

 

7) Museu Kura Hulanda

Otrobanda é o outro lado da capital de Curaçao. Segundo a história local, lá acontecia fluxo de tráfico de escravos para o Caribe. O Museu Kura Hulanda reúne um excelente acervo sobre a cultura africana e conta mais sobre esse trágico período da história. Você pode observar quadros, fotografias, objetos da época, instrumentos musicais, obras de arte e a réplica do porão de um navio onde os escravos eram mantidos.  

View this post on Instagram

Aproveitando esse registro lindo do @pedromatheus91 em #otrobanda vou falar um pouquinho sobre algumas dúvidas que recebi através da caixinha de perguntas dos stories. . Curaçao está localizado próximo à Venezuela. Porém, apesar da proximidade, ele pertence ao Reino dos Países Baixos e foi colonizado pela Holanda. . O idioma oficial da ilha é chamado papiamento, mas o inglês, o holandês e espanhol também são utilizados na comunicação entre os nativos, comércio e turistas. . 💵 A moeda local é o Florim, mas o dólar americano também é aceito em todos estabelecimentos. . O nome do país, ao contrário do que muitos imaginam, nada tem a ver com “coração”, mas sim “curação” – a arte de curar. . 🇨🇼 A bandeira de Curaçao tem como plano de fundo o azul, com uma faixa amarela no centro e duas estrelas brancas. 👉🏼 A cor azul simboliza o mar e o céu. Já a listra amarela faz menção ao clima da ilha, sempre ensolarado e, por fim, as duas estrelas que significam dois sentimentos: amor e felicidade, mas também #curaçao e #kleincuraçao. 🥰 . . . #curacao #dicasdecuracaoporvalmuller #dicasdeviagem #caribe #paraiso #punda #topdestinos #dicasdecuraçao #destinosimperdiveis #paixaoporviajar #viagens #roteirodeviagem #curacaoisland #lugaresincriveis #visitecuracao

A post shared by Dicas de Curaçao (@dicasdecuracao) on

 

8) Blue Curaçao – Landhuis Chobolobo

Uma das bebidas mais conhecidas pelo mundo é o Licor Blue Curaçao e em Willemstad é possível conhecer mais de perto sobre esta bebida. Na  Landhuis Chobolobo os visitantes conhecem uma exposição da casa sobre o licor. No fim, há uma degustação. Para quem quiser comprar o licor direto da fábrica e pagar mais barato, no local tem uma lojinha.

 

9) Sea Aquarium

O Sea Aquarium é uma espécie de parque marinho, porque envolve mais atividades além do aquário. Os visitantes podem ter experiências únicas e mais próximas com a vida marinha, como as apresentações dos animais e alimentação de tubarão. Ao lado fica a Dolphin’s Academy, que é dedicada para quem quer ter a oportunidade de nadar com os golfinhos.  

 

Willemstad Curaçao – Onde ficar

O que não falta na ilha são hospedagens que vão do luxo ao ótimo custo benefício. Separamos algumas opções para você.

 

Hospedagem sofisticada em Willemstad Curaçao

O Sunscape Curaçao é uma boa opção de hospedagem. Ele possui sistema all inclusive e diversas atividades para curtir a viagem.

 

Hospedagem com bom custo-benefício em Willemstad Curaçao

Uma opção com ótimo custo-benefício e que não deixa a desejar é o Trupial Hotel & Casino. Os quartos são bem gostosos e a piscina é ao ar livre.

 

Hospedagem econômica em Willemstad Curaçao

O Curaçao Airport é um hotel para quem procura uma hospedagem mais econômica e não se importa de ficar um pouquinho mais afastado. Ele fica pertinho do Aeroporto Internacional de Curaçao, tem piscina ao ar livre e lavanderia.

Confira nosso post onde ficar em Curaçao.

 

 

Conheça a Val

A Val é uma brasileira que pode te ajudar muito em Curaçao. Ela mora na ilha e trabalha como concierge do Sunscape Curaçao Resort. Além disso, a Val auxilia os brasileiros que vão para Curaçao com roteiros personalizados, o que é ótimo para você conhecer lugares que tenham a ver com o seu perfil. Os melhores passeios da ilha também podem ser agendados através da brasileira.

Para falar com a Val é bem simples, basta mandar um email para contato@dicasdecuracao.com ou por Whats +599 9 681 4893

 

Gostou das nossas dicas? Feche seu hotel pelo Booking, que te ajuda a encontrar os melhores hotéis de Curaçao, clicando aqui. Você pode acompanhar a Val pelo Instagram @dicasdecuracao e ler mais sobre o que fazer em Curaçao neste post

No Comments

Post A Comment