Ilha de Curaçao: As 15 dicas essenciais para planejar sua viagem

Com mais de 30 praias com água cristalina e corais encantadores, a ilha de Curaçao é um dos destinos queridinhos por brasileiros que viajam em casal, família e amigos.

 

A ilha de Curaçao fica localizada ao norte da Venezuela, a apenas 6 horas de voo de São Paulo. Tamanha proximidade faz com que o Caribe fique ainda mais perto do Brasil. Curaçao faz parte das Ilhas ABC, junto com Aruba e Bonaire – suas vizinhas. O trio foi colonizado por holandeses, o que claramente remanesce na arquitetura colorida e simpática de seus prédios.

Recentemente, Curaçao ganhou sua independência do reino holandês. Porém, as tradições e heranças permanecem. Quem nasce na ilha de Curaçao sabe falar quatro línguas: o holandês, papiamento, espanhol e inglês. O povo é extremamente simpático, feliz e disposto a ajudar os visitantes. Se você estiver receoso por só falar português, o portunhol funciona muito bem por lá!

 

Separamos para você as dicas essenciais para planejar a sua viagem para a Ilha de Curaçao.

Ilha de Curaçao: As 15 dicas essenciais para planejar sua viagem

1) Documentação: É preciso de visto para Curaçao?

Sempre é muito importante verificar as documentações necessárias para viajar. Passar sufoco por conta de documentação insuficiente ou errada é a maior dor de cabeça, né?

Para entrar em Curaçao é preciso apenas passaporte para os brasileiros. O turista pode permanecer na região durante 90 dias sem a necessidade de visto.

Porém, como a maior parte dos voos tem conexão, é necessário apresentar o visto do país da escala, como por exemplo nos Estados Unidos. Se você passar em Bogotá ou Panamá, é preciso ter o certificado de vacinação da Febre Amarela.

2) Região e Clima

Curaçao é uma ilha que está localizada ao norte da Venezuela e uma das ilhas mais queridinhas para quem quer sossego, beleza e natureza em um país só. Se você tem medo de furacão, fique tranquilo! A ilha está fora da rota de furacões.

Em 1518  a Ilha de Curaçao ficou oficialmente sob domínio holandês. Hoje, apesar de ser um país independente, muitos traços holandeses são carregados. A capital  Willemstad é cheia de predinhos com arquitetura holandesa e todos coloridos. Além disso, o centro da capital de Curaçao é um Patrimônio da Humanidade da Unesco.

Deixe sempre a bateria da sua máquina fotográfica carregada, porque a ilha realmente é linda e muito aconchegante.

Para curtir as praias paradisíacas, saiba que o sol está presente o ano todo. A ilha tem uma temperatura média de 27 graus durante todo o ano. A época de chuva é entre outubro e fevereiro, porém estas são chuvas ocasionais e normalmente ocorrem durante a noite. Não tem época ruim para visitar Curaçao. 

A língua local o papiamento, uma mistura de português, espanhol, holandês e outros idiomas. Porém, todos os nativos também são fluentes no inglês, espanhol ou holandês.

Ilha de Curaçao: As 15 dicas essenciais para planejar sua viagem

Pôr do sol em Curaçao.

3) Moeda Usada

A moeda oficial usada na Ilha de Curaçao é o Florim das Antilhas Holandesas. Mas é possível usar o dólar americano, ele circula livremente pelo país. O euro é aceito em alguns hotéis e restaurantes, mas não é circulado livremente.

Você pode sacar dinheiro nos caixas eletrônicos que estão nos grandes centros e no aeroporto também. Quando for sacar o dinheiro, você pode optar pelo valor em Florim ou Dólar. Porém, a conversão do câmbio nunca é tão boa quanto se você trocar previamente no Brasil.

Os principais cartões de crédito também são bem-vindos. Mas, lembre-se de avisar ao seu banco sobre a viagem, para evitar que seu cartão seja bloqueado. Muitas viajantes preferem levar dinheiro em espécie, já que há taxas ao usar o cartão. É bom você saber que estas taxas variam de loja e restaurantes.

4) Aluguel de Carro

Por ser uma ilha, muita gente acha que não é necessário alugar carro. Mas um dos pontos mais importantes a ser anotado é o aluguel de carro. Isso porque as praias mais bonitas estão afastadas dos hotéis e chegar a pé não é uma boa ideia – pode levar muitas horas, rs!

Os caminhos podem ser confusos para quem não está acostumado, então é importantíssimo que durante o aluguel de carro em Curaçao você ande com um mapa offline no Google Maps (saiba como baixar mapas offline neste post do Dicas de Viagem). 

Caso seu celular ou GPS acabe a bateria, ficar perdido em um lugar desconhecido é assustador! Por isso eu indico que além dos recursos digitais – e levar um carregador de carro, você tenha um mapa em papel. Segurança demais nesses momentos é ideal!

Você pode até utilizar os transportes públicos, porém eles são limitados.  Há a possibilidade de andar de táxi, mas como foi dito, as praias não são tão perto dos hotéis. Você pode acabar gastando além do orçamento com os táxis.

É preciso tomar cuidado com a seguradora pela qual você vai alugar seu carro. A Rental Cars compara os melhores preços das empresas de aluguel de carro. Selecionando a data da viagem e o local, você consegue ter um comparativo com as empresas que oferecem um melhor custo-benefício. Agora, caso você não queira falar inglês ou espanhol com as grandes seguradoras, envie um e-mail para a Val que ela vai te indicar um brasileiro ponta firme que aluga carros lá na ilha :).

5) Hospedagem

As melhores praias da Ilha de Curaçao não estão dentro dos hotéis, nem dos melhores resorts. Então, caso você queira conhecer melhor as praias de Curaçao e não fizer questão de jantar no próprio hotel, você pode ficar hospedado mais próximo do centro.  O centro de Curaçao conta com restaurantes e lojas para passear e visitar.

O Booking.com é um ótima opção para você reservar o seu hotel. Você consegue ter acesso a tudo o que o hotel disponibiliza durante a estadia e ler comentários de pessoas que já se hospedaram no local.

 

Para quem procura uma hospedagem sofisticada em Curaçao, #FicaADica:

Kura Hulanda Village & Spa – Willemstad

Esse hotel é maravilhoso, principalmente para quem gosta de história e cultura. Por incrível que pareça, ele tem um museu de arqueologia dentro dele.

A propriedade também possui um spa para relaxar depois de uma manhã de praia paradisíaca e fica bem perto do centro da cidade de Willemstad.

Os oito prédios do hotel são históricos e com lembranças da época colonial holandesa, apesar de serem reformados. O Kura Hulanda tem os móveis do quarto esculpidos a mão, antiguidade e obras de arte. O hotel tem duas piscinas e várias opções de alimentação. O restaurante fica no Museu e o no terraço tem um bar que em algumas noites tem música ao vivo.

Ilha de Curaçao: As 15 dicas essenciais para planejar sua viagem

Para mais dicas de onde ficar em Curaçao, confira este post completo com todas as nossas recomendações

 

6) Praias da Ilha de Curaçao

A Ilha de Curaçao conta com praias paradisíacas. Sabe aquelas imagens de filme? Pois bem, as praias de Curaçao são assim. Apesar de conterem uma pequena área de areia branca, a água é azul turquesa e muitas delas contam com a presença de corais.

As praias podem ser divididas entre públicas e particulares. As praias públicas não têm infraestrutura. Por isso você tem de levar o que achar necessário para passar um dia na praia. Você pode colocar dentro da sua mala de praia protetor, canga para sentar, água e comida.  

Já, para acessar as praias particulares é necessário pagar um valor e por isso elas têm uma estrutura melhor, com espreguiçadeiras, sombras, banheiros e restaurantes.

Ainda pode ser que você se depare com algumas praias artificiais, que foram modificadas pelo homem, mas que possuem uma beleza semelhante às naturais. Elas pertencem aos hotéis e clubes.

View this post on Instagram

📍Porto Mari A praia está situada ao oeste de Willemstad, capital de Curaçao. Fica cerca de 40 minutos de carro, desde Punda. É uma das inúmeras praias belíssimas do norte da ilha, tem água quentinha, transparente, um paraíso. 👉🏼 É uma praia privada, o acesso custa U$3,50 por pessoa. Por ser uma praia privada a estrutura é melhor. Há um bar/restaurante grande e cheio de opções. Banheiros podem ser usados gratuitamente. 👉🏼 Você pode alugar cadeiras por U$3,00. . Para quem gosta de mergulhar há o Dive Shop, onde você aluga todo o equipamento necessário. . As águas calmas e cristalinas são um convite para quem gosta de fazer snorkeling ou apenas para quem quer boiar e relaxar! Apesar de ser uma praia paga, é uma das atrações imperdíveis de Curaçao. O lindíssimo visual, aliado à boa estrutura oferecida, compensa o custo da entrada.

A post shared by Dicas de Curaçao • Val Muller (@dicasdecuracao) on

 

7) Passeios na ilha de Curaçao

Confira uma lista com os principais passeios na Ilha de Curaçao. Tudo é tão lindo que até um simples passeio pelas ruas do centro da capital da ilha te deixa encantado.

Praias: Como eu disse, as praias são paradisíacas e com água cristalina. Entre as públicas vale a pena visitar Kenepa Grandi e Kenepa Chiki. As privadas mais bonitas são Cas Abao e Porto Mari.

Klein Curaçao também é uma das praias queridinhas dos visitantes da ilha. Porém, para chegar nela é preciso embarcar em mais de uma hora de viagem de barco, a maioria das pessoas costumam embarcar em um catamarã. Também é possível ter acesso por voo de helicóptero.

Seaquarium Beach: uma praia localizada a 10 minutos do centro e também conhecida por Mambo Beach. A Seaquarium Beach conta com o Curaçao Sea Aquarium e com a Dolphin’s  Academy, onde os visitantes da ilha têm a possibilidade de nadar com os golfinhos.

Centro: dividida em duas regiões –  Punda e Otrobanda –  por uma ponte flutuante que abre para a passagem de navios, o centro de Curaçao pode ser muito explorado.  

Em Punda você pode conhecer os famosos prédios tombados pela Unesco, muitas lojas, bares, restaurantes, a mais antiga sinagoga das Américas e o mercado flutuante. Punda é conhecido pelo lado luxuoso de Curaçao.

Do outro lado, em Otrobanda você encontra o antigo forte da Ilha de Curaçao, o Rif Fort, com muitos restaurantes, bares, lojas e um grande pátio. É nesta banda da Ilha que tem o Complexo Renaissanse, com hotel, cassino e o shopping. Também é possível conhecer a maior coleção africana do Caribe, no museu Kurá Hulanda. Isso porque Curaçao já foi um importante centro de tráfico de escravos.

Curaçao Liqueur: Visitação a fábrica de licor de Curaçao e com direito a degustação de um dos mais famosos licores do mundo.

Atlantis Adventures Curaçao: Já pensou enxergar com mais nitidez o maravilhoso mar caribenho? Com um mini submarino é possível que você conheça mais de perto os corais e animais marinhos da região.

8) Vida Noturna

Como toda região caribenha, as noites são quentes e musicais. Curaçao é um ótimo lugar para tomar uma bebida durante a noite. Rif fort, o antigo forte de Curaçao, possui bares com música ao vivo. Assim como o Waterfort Arches, que é uma espécie de deck com vários bares e restaurantes legais.

Para quem gosta de agitação o Papagayo Beach Club é o local certo. Mambo Beach também é um dos queridinhos dos jovens da ilha, é o bar de praia que mais faz sucesso.

Os cassinos também são ponto de atração durante a noite caribenha da Ilha de Curaçao.

9) Onde comer em Curaçao

A maioria dos viajantes estão na praia durante o horário de almoço e por isso costumam se alimentar por lá mesmo. As praias particulares contam com restaurantes, por exemplo na praia seaquarium a comida servida é mais moderninha.

Caso você opte por comer no centro, as opções de restaurantes são diversas. Mas indicamos, pelo menos uma vez, comer no Marsche Bieuw. Ele é o velho mercado de Curaçao, tem mesas coletivas e restaurantes com comidas tradicionais da região.

Para o jantar é bom ficar atento ao horário, porque os moradores têm o hábito de jantar cedo. Às 22 horas as cozinhas costumam estar fechadas. Um horário bom para jantar em Curaçao é entre 18h e 19h.

Em Otrobanda você pode ir jantar no Rif Fort, que possui muita variedade de alimentação e é a beira mar. O De Gouverneur é um requisitado restaurante da região, está localizado no segundo andar de um casarão histórico.

Já em Punda, o Waterfort é muito frequentado no horário do jantar. Possui vista para o mar aberto e restaurantes.

10) Mergulho em Curaçao

O que não falta em Curaçao é gente querendo explorar as belezas naturais das praias encantadoras da ilha. Embaixo d’água, os mergulhos costumam ser uma das atrações principais para quem visita Curaçao.

Normalmente as pessoas contratam um guia que os levam para conhecer as belezas do mar caribenho. Os mergulhos são realizados com snorkel ou cilindros.

Em Curaçao há muito para ser explorado debaixo das águas, como o cemitérios de carros antigos dos anos 40, formado em 1909 com o que restou de um navio. O Tugboat, um rebocador localizado a 5 metros de profundidade e muitos outros.

Ilha de Curaçao: As 15 dicas essenciais para planejar sua viagem

11) O que levar na mala para a Ilha de Curaçao

Agora que você já conhece mais sobre as principais dicas para visitar Curaçao, está na hora de fazer as malas. Confira uma listinha com o que levar para Curaçao:

  • O mais importante é lembrar de colocar roupas frescas e muita roupa de praia. Mas, na dúvida, é bom levar uma blusa de frio.
  • Protetor solar é essencial em Curaçao, procure levar os de fatores mais altos para evitar problemas de insolação.
  • Pós Sol,  se eventualmente você se descuidar com o sol é bom que tenha em mãos um pós sol para passar onde estiver ardendo.
  • Hidrante, realmente em uma viagem de muita praia e sol é fundamental manter o cuidado com a pele e a saúde. Hidrate a pele sempre após o banho.
  • Óculos de sol e boné são também necessários demais em Curaçao.
  • Os sapatos abertos vão ser usados na maior parte da viagem, mas caso você queira fazer uma caminhada é melhor ter um tênis.
  • Canga e Toalha de Praia são muito usadas durante a viagem. Como algumas praias não possuem espreguiçadeiras, as pessoas estendem as cangas na areia para sentarem.
  • Lógico que não pode falar uma câmera fotográfica. Afinal, tudo em Curaçao é motivo para uma bela foto. Caso você não tenha uma, pode registrar as paisagens com o celular (ah, e não esqueça o carregador).
  • Não menos importante, é levar todos os seus documentos necessário em uma pastinha. Assim, você evitar perder qualquer um deles e mantém tudo organizado.

12) Seguro Viagem para Curaçao

Outra coisa fundamental é garantir um seguro de viagem. Viajar sem preocupações é a melhor coisa que tem. Mas, imprevistos podem surgir e é nessas horas que um seguro de viagem faz total diferença.

Indicamos o SegurosPromo, porque ele é uma ferramenta que faz um comparativo rápido e fácil entre diversas seguradoras para o destino que você vai e a data que pretende viajar. Com o SegurosPromo você consegue ver qual a melhor seguradora com melhor custo-benefício para a sua viagem para Curaçao.

Além disso, o pagamento por boleto bancário tem 5% de desconto. E, se usar nosso cupom de desconto DICASDECURACAO5, ganha um adicional de 5% de desconto – totalizando 10% OFF em seguros viagem. 

13) Dicas da Val

Quem mora na ilha sabe tudo sobre o lado bom – como você pode ver com todas as dicas que damos aqui no blog. Porém, vale ficar atento às dicas da Val. Ao alugar um carro, não deixe nenhum pertence dentro dele quando for estacionar. Em Curaçao, estão tendo diversos furtos à carros. Então é melhor ficar atento, ok?

Outra dica importante é garantir e reservar os passeios antes de chegar por lá. Além de garantir melhores preços, também já garante sua vaga em mergulhos, viagens de barco ou qualquer outra coisa. A Val é bem reconhecida em Curaçao. Ela é uma concierge brasileira residente na ilha, especialista em resolver toda a burocracia de viagem dos brasileiros antes mesmo de embarcarem.

Envie um WhatsApp ou e-mail para a Val para tirar dúvidas, pedir um roteiro personalizado, agendar passeios, hospedagens, carros, o que precisar. Ela vai adorar te atender!

WhatsApp: +599 9 681 4893. E-mail: contato@dicasdecuracao.com 

15) Ilhas ABC

As Ilhas ABC, são formadas pelas Ilhas de Aruba, Bonaire e Curaçao. Todas são muito perto uma das outras e localizadas no Norte da Venezuela. Também são marcadas pelas águas cristalinas e paradisíacas do Caribe.

Aruba costuma receber muitos moradores dos Estados Unidos. Também é um excelente local para viajar em família.

Bonaire é menorzinha e super charmosa, mas é mais frequentada por mergulhadores e amantes da prática. Isso porque ela tem um dos Parques Marinhos mais bem conservados do Caribe.

Já Curaçao contém as praias mais requisitadas e uma história a ser conhecida. A colonização holandesa deixou rastros por toda a Ilha, como as famosas casinhas coloridas de Willemstad.

Aruba e Bonaire são ilhas menores que Curaçao, mas também muito quentes e queridas.

As ilhas ABC faziam parte de um controle da Companhia Holandesa das Índias Ocidentais e então possuem o holandês como língua oficial. Porém, é o papiamento a língua regional das ilhas.

 

Gostou das dicas da Ilha de Curaçao? Comente aqui!

No Comments

Post A Comment